Saturday, May 13, 2006

Post #5 - "A Hard Day's Night"

*Originalmente postado dia 13 de Maio de 2006*



Oi Pueblo, como vão? Espero que bem. Ontem tive um dia bastante agitado e ansioso, e esse blog tem sido quase que um “poker&film-therapy”; sem querer tá me fazendo muito bem. Incrível!

Vou explicar. Ontém tive uma reunião (horas) com os produtores, e estamos tentando fechar de vez o orçamento do filme INTEIRO. Sinceramente, sou especialista em ficção: filme com roteiro, decupagem, atores, etc., e isso eu sei pré-produzir feito uma ditadora severa num nível absurdo de organização. Numa boa, bato o olho num roteiro e consigo estimar (sempre muito perto) quanto vai custar, quanto tempo vai levar pra filmar, quando fica pronto, etc. (pra quem não é familiar com o processo, garanto que organização na pré-produção reduz absurdamente o número de imprevistos, tudo corre de forma muito mais suave e feliz, e dentro do orçamento. O que encarece um filme são os imprevistos, que em 99% dos casos é por causa de desorganização na pré-produção).

Mas orçar um documentario é algo totalmente diferente, pq muito fica ao “acaso”, e, meu Deus, se eu pudesse prever o "acaso" eu ganhava na loteria e mandava AQUELE ABRAÇO! Mas como não sou vidente, e sim uma “control freak”, fico cheia de “butterflies”! Não tem como prever os dias em que os “meus meninos” (como eu carinhosamente me refiro aos jogadores que estou acompanhando) vão estar rendendo, obtendo resultados, me dando material (até hoje as sessões de filmagens têm sido ótimas) mas claro que eu preciso esperar dias em que a pessoa, sei-lá, não tá jogando seu melhor, não tá falante, brigou com a namorada, tá com dor de barriga, tá com a unha encravada, tanta coisa! Pq é a VIDA deles, e não um roteiro que eu possa controlar. Tipo, eu não posso virar pra um deles, depois de perderem uma mão (tomara que isso nem aconteça!) e falar “Agora sorri e olha pro lado" (Ha! Eles me matam! Eu tb mataria!). E imagina prever o “acaso” no orçamento das viagens pra Vegas! Conciliar schedule de torneios em que a maioria deles vão jogar, calculando idas que tenham mais torneios pra que eles fiquem lá por mais tempo (pra eu não ter que ficar indo e voltando, que sai muito mais caro), nisso tudo sabendo que jogador é movido a base de resultado (pq eu sou jogadora tb, e sei bem como é), então eles podem ter planos de ficar em Vegas pra 3 torneios, e 1 se dar mal (Deus me livre!) e resolverem voltar antes. Ou se darem muito bem (tomara!) e ficarem por mais tempo… enfim, tem que pensar em tudo mesmo! Não tenho como expressar o suficiente que TUDO É MUITO MUITO CARO em cinema! Equipe (salário, alimentação, transporte), cameras (pelo menos 2 em cada filmagem, e em algumas, 3 e até 4), luz (pq claro que vou iluminar os bonitinhos da forma mais vantajosa possível), e por aí vai. E ainda tem a finalização, tratamento de imagem e audio, animação para as mãos do game online (pq é chato ficar vendo uma cabeça jogando num computer sem saber quais são as cartas, então solucionei uma forma bem legal de exibir as mãos do game online de uma forma interessante e BONITA), compra de música, distribuição, capa… ARGHHH!!!

PAUSA PARA ARRANCAR 3 CABELOS…

Ok, voltei. Não se assustem, isso é normal, e eu ADORO esse processo, mas num documentario, tudo pode acontecer, e não tem como prever e orçar o “tudo”! Mas ontem chegamos num numero que me fez, digamos, passar mal (pra não dizer vomitar!) e quase não dormi. Nem fui pra festa que eu tinha, e fiquei aqui mastigando numeros. Sou da filosofia “já que vai fazer, faz direito”, então agora estou num processo de “briga” com os produtores (briga saudável e normal, acontece com todo diretor e produtor) e negociando. É meio assim:
PRODUTOR: “usa menos luz nesse dia, que eu coloco uma camera a mais nesse”
ME: “Tá, mas então eu quero uma steady-cam nesse dia aqui”
P: “Tá, mas então vc pode usar só 1 boom (som direto) nesse dia, e os outros usam microfone de lapela”…
E por aí vai… literalmente um “tira-daqui-e-coloca-ali” e… ah, chega… tudo será resolvido da melhor maneira, mas é que como essa reunião foi ontem, e preciso fechar um numero até Terça-feira (AHHH!) pra poder ir pra Sampa na quinta-feira já com tudo arriba, eta ferro, tô ralando aqui. É tipo mandar um all-in sem ter A-A, e sim um 10-10. Mas como o próprio CK me falou (num papo “metafórico”): “88 as vezes ganha de AA…” Toda razão! E quando isso acontece, é muito melhor! Ok, somos um 10-10, que é melhor que 8-8, e vamos kick A-A’s ass! MONSTER HAND! I CALL! hehehe...

E fechando (nossa, o blog de hoje vai ser curto? Que milagre!), ontém tive um papo ótimo com o Leo Bello pelo Skype (que está em Punta! Que ciúminho!) e, como todos, ele tb está muito empolgado com o projeto e fazendo de tudo pra ajudar. Pra quem não sabe, ele tb é medico (olha que coisa legal!) e vou tentar filmar ele em SP não só jogando, mast tb “medicando” (hehe). E como o Akkari, o Leo tb está agitando mil coisas legais pro filme em SP, abrindo todas as portas possíveis, enfim, nem tenho como agradecer aos jogadores (e os meus 6 leitores, e a todos que estão apoiando o projeto) pela ajuda e incentivo. Não vou mais ficar “mela cueca” nos meus agradecimentos. Vcs sabem que estou grata e tabalhando muito para termos um filme INCRÍVEL de poker com os “nossos meninos”… vou apenas dizer que o apoio e incentivo de todos é como um Chambinho; vale mais que um bifinho!

Bj, té mais,
ME

p.s. – Guilherme deu uma ótima (e óbvia!) idéia pro nome do filme – o nome do meu próprio Blog “NEED AN ACE”, e apesar de ser a favorita até agora, ainda estou aberta para sugestões. Podem mandar!

p.p.s. – deixo vcs hoje com a foto dos meus queridinhos, que estão sempre do meu lado enquanto eu escrevo, edito (jogo!): John, Paul, George & Ringo, que tb me deram o título deste blog. Aliás, sou uma Beatle-maníaca de carteirinha e desafio qquer um prum “Beatles-Trivia-Challenge” (valendo $$$, é claro). Hehe… não adianta, eu não resisto a um sidebet! (E hoje eu vou jogar! Nem que seja por 1 horinha!) Fui--->

6 comments:

paidocarinha said...

Torcendo pelo sucesso!!
Estou de olho e quero prerrogativas de espiar o copião, etc.
Quem sabe o nome poderia ser: "Eu me Arresto!"

George Marmelstein said...

Maridu, o blog está fantástico. Parabéns.
George

Anonymous said...

Garota, para de trabalhar por 1 dia e vamo comemorar o seu aniversario! É sempre alguma coisa com vc: 1o o tennis, depois quis escalar o everest, aí cinema, agora só fala desse poker mala e ainda inventou de fazer um filme desse tréco! Pô, nunca mais vou te ver. Larga de ser CDF e sai de casa, i miss u. (Sabe quem chega em menos de 1 mês né?)

Seu blog tá um delírio - que nem vc (e não entendo metade do que vc tá falando!) Não vou assinar não, se vc não souber quem é, hahaha, tá frita!

Guilherme said...

q bom poder ter ajudado =)

eh , orçamento eh realmente um problemasso =/

boa sorte com o filme ,

bj =*

ME said...

Haha! Até aqui vc me cata pra reclamar, e ainda acha que eu n sei quem eh?! Ora bolas... Atenção: Poker não é mala, já falei que te ensino (pra ganhar!)! Mala é esse papo de aniversário - eu não tenho culpa de ser meu niver! Me deixa fora dessa. Se tiver muito carente de dar parabéns pra alguém, liga pra minha mãe e dá parabéns pra ela: ela que fez todo o esforço! Ainda faz!

i miss u too. Amanhã te ligo. Beijos, vai encher o tanque desse carro a gas com um botijão! Tem um lá na cozinha se quiser! hehehe... (sei bem quem tá chegando...)

m0rceg0_0 said...

oolha ae , o nome do filme:


The River


qr nome melhor? flw