Saturday, June 03, 2006

Post #14 - Burocracias, um gatinho, gambling lifestyle (com sidebets), e mais sobre a Vovózinha chamada Akkari…

*Originalmente postado dia 3 de Junho de 2006*




Oi Pueblo, tudo bem? Tenho andado ativa no blog, ativa no poker, tenho andado na ativa né? É que estou numa fase “ansiosa” por alguns motivos:

O projeto do filme está em Brasilia aguardando aprovação do orçamento, da proposta e do ROTEIRO (pq antes tava tudo sendo financiado privadamente!). Enquanto não é aprovado, eu mal durmo. Num país em que a burocracia é um AK suited e onde (e isso, não adianta que eu não supero, por mais análise que eu faça) existe uma LEI QUE TENHA QUE INCENTIVAR A CULTURA, não tem como a pessoa não ficar ansiosa! Cultura ser incentivada por LEI, e não por livre e espontanea vontade e por demanda do público, vai sempre ter um “ranso” anexado a ela. (tilto geral!)

Pra aumentar a ansia; um filme de poker num país onde o jogo é ilegal!?! Será que a pessoa que vai aprovar meu projeto sabe o que é o Party Poker, um sitngo, multi table, o Lee Jones? Sabe quem é CK, Raul, Gus Hansen, Barry Greenstein, Doyle Brunson, o DEUS GREGO DO PATRICK ANTONIUS? Será que essa pessoa já recebeu um AA na vida e sentiu a adrenalina? Meu Deus, será que quem vai aprovar meu projeto sabe JOGAR POKER??? Pueblo, tô doidinha com isso… mas enfim, faço parte dessa máquina BRASIL movida a base de manivela e não tem como escapar da burocracia, entao agora o que me resta fazer é sentar (num game!) e esperar o meu projeto ser aprovado (enquanto mexo alguns pauzinhos…), pq o resto tá pronto e no gatilho…. Argh! Detestavel!

Tá, esse é o motivo 1 da minha ansiedade e grande atividade online (tanto blog quanto no PS!), e o segundo motivo é…

…eu acho que eu vi um gatinho… hehehe! Minha mãe já tinha cantado a bola “ihh, vai fazer filme com jogador, vai se encantar por um – ah não Maria Eduarda, não vai se envolver com jogador não viu!” e claro, não deu outra (mãe nunca erra – chega que dá raiva! Tipo quando ela fala que vai chover e vc sai de casa no maior sol e 2 quadras depois cai um temporal!) Não vou entrar em muitos detalhes pq ninguem ta muito interessado, mas sabe aquele inicio de rolo que da dor de barriga, vontade de olhar pro teto e pensar coisas vermelhas, azuis, amarelas…? Pois é… vamos ver. Tem que i, pq vai que bate… Hehehe! Mas o motivo da preocupação da minha mãe é válido e é o motivo do filme. É que (pra quem não sabe) sou filha de um falecido jogador da pesada, e estou fazendo esse filme em memoria do meu pai, que me ensinou a jogar TUDO quando eu tinha, sei-lá, uns 9 anos. Meu pai tinha 3 paixões na vida: a gente (Mami, eu e 2 irmãos lindos), cavalos e cartas. Por isso tanta paixão pelo projeto. Poker (e gambling em geral) não é algo que pintou na minha vida a pouco tempo. Eu cresci no meio de jogo, jockey, cavalos, casinos (sem querer ser metida, só pra dar uma idéia, viu Akkari?!?) só pra vcs terem uma idéia, já jantei com Frank Sinatra em Atlantic City, e ah, muito mais, bem antes do poker se tornar esse furacão que é hoje. (engole essa Akkari! Sinatra! Hahaha! Metida a besta perde!)

Um pouco de historia: meu pai jogava high stakes da pesada pelo mundo, mas essa não era a profissão dele (ele trabalhava em Wall Street, por isso morei tantos anos em NY) e o mercado financeiro é o gambling na sua forma mais pura e agressiva (meus irmãos são do mercado tb, eu que sou ovelha negra e fui pro cinema!). Meu pai, apesar de ter sido um grande ganhador, claro que levou suas porradas horríveis e bad beats e minha mãe sofreu muito. Mas acho que o que fazia ela mais sofrer eram as sessions, pq não acho que ela sabia exatamente o que rolava nas mesas. Pueblo, sem exagero, ele descia pro casino (salinha privê ali atrás) na sexta e, fora o banho (3 por dia religiosamente), ele só reaparecia domingo a noite – só cash game, é claro (imagina, acho que nem existia sitngo) e ali começou minha “escola” sobre o game, o gambling, posição, agressão e acima de tudo, jogar o jogador! A galera das antigas do high stakes toda me conhece, pq eu tava SEMPRE atrás do meu pai, olhando e ah… nem tenho como descrever as jogadas, nem comentar com quem ele já jogou (não sei se pode) – mas afirmo que era emocionante! Claro que muitos ficaram preocupados quando souberam que eu estava jogando, e minha mãe pediu pra um deles ter um papo comigo, mas acho que o game mudou, e não tenho a intenção (ainda!) de jogar no valor do meu pai. Com certeza foi o game que causou os três ataques do coração dele, e no ultimo, com apenas 45 anos de idade, ele não aguentou.

Pueblo, vida de jogador não é mole… não quero pffff regra, e repito, meu pai não vivia disso, mas ele vivia uma vida “gambling style”, jogava 3 dias seguidos, começava a operar o mercado as 5am, nunca bebeu nem se drogou – NUNCA MESMO – mas fumava feito chaminé, não dormia, enfim, uma vida louca e a família vai na montanha russa junto, vibra com o sucesso e engole as dificuldades (e os 2 vem FORTE, cada um na sua vez…) e eu ASSISTI o que isso faz com a pessoa. Acaba mesmo. Eu iniciei uma troca de emails a um tempo atrás com o Barry Greenstein (já tô até amiga!) exatamente pq ele, high stakes gambler que é, dedica o livro dele para filhos de jogadores que sofreram com a ausencia dos pais por causa do game (meu pai nunca foi ausente - viajava e levava todo mundo, ele não aguentava ficar longe, mas a morte dele foi, e é, uma ENORME ausencia…). Eu escrevi pro Greenstein agradecendo a dedicatória pra mim (hehe! Metida mesmo) falando que só uma pessoa com vida de jogador mesmo pode entender o que é ser filho de um jogador, como tenho certeza que ele e os filhos dele entendem, e ele adorou! Acho que até rola uma entrevista… vamos ver – tô tentando…

Enfim, não fiquem tristes nem nada, não sou vitima, sou super superada e bem resolvida (mesmo!), e penso no meu pai todos os dias com muita alegria e saudades, e jogo com a foto dele do lado, pq sei que é ele que cuida dos meus all-ins onde sou mega underdog e mando aquele belo suck out on the river! (acontece muitooo!) Mas enfim, toda essa explicação é pra vcs (meus fiéis leitores que me aturam, não sei como!) conhecerem um pouco mais de mim, entenderem de onde vem a minha paixão pelo game, e saberem que meu coração tá no lugar certo ao fazer esse filme, pois estou fazendo ele pro meu pai. E tb pra explicar pq q a minha mãe fica semi-histérica quando conto pra ela “Mãe, conheci um jogador maior gatinho que eu tô meio afim…” e pq ela grita, sai correndo e se esconde – não é preconceito, é que ela conhece a vida. Mas ela pode ficar tranquila, pq taí uma raça que eu sei lidar – com jogador! Hehehe…

(e tb estou um pouquinho de TPM, o que acrescenta pra qquer ansiedade!) Pueblo, sorria! Vcs estão na Barra! (Mentira, nem estão, não chego perto! Hehehe…)

Mudando de assunto radicalmente, e pegando o gancho do “gambling lifestyle” – não sei se o pueblo aqui é dado a “sidebets” (o Akkari eu sei que não é – aquele ali não anda nem com a capota do conversível abaixada em Vegas pra não gripar!) mas como eu sou (!) e tá chegando a copa, pô… tem que i, vai que bate! Ainda tô analisando as minhas apostas, alguém tem alguma dica? Quais times estão fortes? A Julia tá dando pilha pra gente apostar no Japão pq jogou bem contra a Alemanha (tô falando que ela é mega tilt!) Apostar no Brasil tá ruim, pq como é muito favorito, tá pagando mal - é melhor aquela parada da TV de plasma, compra 1, se o Brasil não ganhar, vc ganha outra! Antecipando as dicas (que eu aguardo de quem entende de futebol!), já vou dar uma ótima: quem for apostar (e eu recomendo, pq eu adoro!) apostem pelo Inter Apuestas, site representado no Brasil pelos irmãos “dupla sertaneja” Victor e Vinicius (o Vitão, pokerpibe que joga muito, e o Vinicius, que é tão inteligente que me intimida um pouco – pô, o cara além de jogar no game mais caro de SP, é campeão master de xadrez – Socorro! Que medo dele!) – confio neles 100% e, além disso, eles dão boas dicas. Vale dar uma olhada no site. Será que eu posso falar disso? Nem sei… qquer coisa eu tiro depois (já disse que tenho medo do Vinicius! Hahaha!)

Pueblo, é isso. Tem que i, vai que bate… vou tomar um maracujina pra melhorar essa ansiedade da espera (de Brasilia e da Montanha! Maomé não pode sair daqui agora!) e vou pro PS! Os anões do autopost blind do Fabião (?!?!) tão soltos!

Beijos,
ME

p.s. – todos sabem que o Akkari tá jogando ainda aqueles Shastas-Shakiras escondido, não sabem? Pois é, ele tá lá tentando ganhar 0.04 centavos dum pueblo! Eu bem que vi ontem… tá jogando no estilo vai que bate (bem o estilinho dele!)!

p.p.s. – minha mãe pediu pra eu não colocar foto dela e do meu pai, então vai foto de longe, do cavalo favorito dele ganhando. Meus pais são os daqui, ó. Mami de branco, papi do lado.

Sorry pueblo, esse post ta enorme – espero que pelo menos esteja interessante. E se não tiver, dane-se! O blog é meu e eu faço o que eu bem quiser! hahaha!

11 comments:

Dedeh said...

“Mãe, conheci um jogador maior gatinho que eu tô meio afim…”

E ai galera? Bora fazer um gambling em cima disso? quem será? quem? quem? façam suas apostas!

auehaeu brincadera tá, du!

Khapeta said...

Apesar da morte prematura do seu pai, sua história é muito interessante, é realmente fora do comum. Se você escrever um livro, estou na fila para ler.

Abraços e boa sorte no seu filme, se precisar de uma força, trabalho na Agencia Nacional de Cinema, na parte tecnológica, mas vai que bate? :)

Ricardo said...

Tomara que esse filme saia logo pq ja estou ansioso p ver. Não se preocupe o tamanho do post não que ta ótimo. Só p constar, eu bebo coca e gosto dos Beatles.

Bjos


PS: Um dia consigo uma grana e começo a jogar com vcs, dai vcs vão ver o que é jogar (mal p cacete) poker!!!!

Juliano Maesano said...

Lindo post!!!! Muito legal pra gente saber mais sobre vc!!!

Acho que, como disseram acima, temos que aproveitar e pedir ao Vini pra abrir uma aposta em quem eh o tal "gatinho"???? Vai dicas?
SP? RJ? Eh mega-baralhao??? To desconfiando hein! HAHAHAHAHAHA!

E ve se posta la no meu forum!!!! Beijos!!!

pamponet said...

O texto continua interessante (bastante) :).

Ah... agora vai rolar HEADS UP todos os dias né? rssss

Abraço

Guilherme said...

mto legal saber um pouquinho mais sobre vc e sua familia ME .
akbei de saber q vc foi campeã do circuito carioca , PARABENS de novo ^^

torço para q de tudo certo com o filme , nao vejo a hora pra assistir um trechinho =P

bjao t +
:**

ivanei ivanov said...

bom post como sempre...
futebol?
vou dar uma dica HOT:
suecia é depois do brasil a favorita.
não espalha muito^^
essa dica é muito HOT.

Nectar said...

Você é genial, Maridu.

Anonymous said...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

Anonymous said...

Nice! Where you get this guestbook? I want the same script.. Awesome content. thankyou.
»

Anonymous said...

I find some information here.